Free Translation Widget

Home

Loja Virtual

Apostilas

Cadastre-se

Contato

 

::: MENU :::

 » A Umbanda

 » Os Orixás

 » Entidades e Falanges

 » Linha do Oriente

 » Sincretismo

 » Exú e Pomba-Gira

 » Zé Pelintra

 » As Ervas na Umbanda

 » Defumador

 » Fumo e Bebidas

 » Mediunidade

 » A Glândula Pineal

 » Os Chacras

 » Mensagens

 » Artigos

 » Orações e Preces

 » Rezas e Benzeduras

 » Temas Variados

 » Pontos Cantados

 » Letras de Pontos

 » Pontos Riscados
 »  Apostilas
 » Campanhas
 » Cadastre-se

::: AVISO :::

::: CONFIRA :::

 

::: IMPORTANTE :::

 

 

::: PARCERIAS :::

::: Visitas desde 15/10/2007 :::

 free counters

 

 


OS CHACRAS

 

 

Autor: Lara Lannes

Equipe Genuína Umbanda

www.genuinaumbanda.com.br

 

Em sânscrito, a palavra chacra significa roda. São centros de energia de natureza etérea que captam e emanam energia.

São verdadeiros órgãos espirituais, localizados em nosso duplo etérico (corpo energético com uma vibração mais elevada e sutil que a do corpo físico denso e que envolve este completamente; ambos estão ligados por correntes de energia). Os chacras possuem forma espiralada que giram num vórtice em sentido horário, captando e distribuindo a energia vital por nosso corpo através das glândulas endócrinas, estabilizando nossas funções físicas.

Os chacras são responsáveis pelo bom funcionamento de nosso corpo físico e espiritual, na medida em que nos informam sobre a energia do mundo ao nosso redor, bem como estimulam nosso auto-conhecimento, alimentando nosso corpo com a energia vital do universo que eles recebem.

Essa energia é aquela que vem da Força Cósmica, da Força Divina, Criadora, límpida, cristalina, desprovida de impurezas. É essa energia, captada pelos nossos pontos de energia (chacras) que nos permite viver com saúde, com vontade de viver e felizes, para que usando nosso livre-arbítrio, de maneira positiva, equilibrada continuemos nosso caminho para a evolução.

Os chacras, como já dito, recebem e emitem energia. Funcionam de fora para dentro, de dentro para fora, como verdadeiros portais para nosso espírito. São janelas de nossa alma, refletindo o estado vibratório em que nos encontramos, através dos sentimentos que por nós está sendo emitido, ou absorvido pelo ambiente à nossa volta.

Cada centro energético está ligado a uma freqüência vibratória cada um com os seus atributos, com a sua cor ou freqüência, a parte do corpo que correspondem, determinados órgãos, funções e sistemas físicos, glândulas, plexo de nervos, a um dos elementos a que correspondem – Terra, Fogo, Água, Ar.

Quando um chacra, mesmo que dos menores, está em desequilíbrio, todo o sistema de chacras fica desequilibrado, pois eles estão todos inter-relacionados. Todos os chacras são igualmente importantes e necessários.  

Os chacras podem ainda receber energia do meio que nos cerca, e de pessoas, as vezes de forma amigável e outras roubando, como é o caso daqueles que não conseguimos ficar muito tempo por perto sem nos sentirmos cansados, sugados ou irritados. Pessoas menos desenvolvidas espiritualmente tendem a absorver mais energia do que doar, e as desenvolvidas têm mais energia saindo de seus chacras do que entrando.

Existem sete chacras principais, alojados ao longo da coluna vertebral, três inferiores (assim chamados porque localizados abaixo do coração: Chacra Raiz , Chacra do Hara e Chacra do Plexo Solar, três superiores (porque localizados acima do coração): Chacra Laríngeo, Chacra Frontal e Chacra da Coroa e um ao centro, o Chacra Cardíaco que é o ponto de encontro dos dois tipos de energia: Espírito e Matéria .

Eis uma breve descrição dos sete chacras principais (do sétimo ao primeiro):

 

 

 Chacra da Coroa (7º)

Intuição

Situa-se no topo da cabeça, bem no centro, e é também conhecido como coronário. Relaciona-se com a glândula pineal (epífise), e está  diretamente ligado à espiritualidade, ao contacto com o Eu Superior, canalização e meditação. Fisicamente, rege a nossa cabeça e o sistema nervoso central. É através do chacra da coroa que entram no nosso corpo as energias de transmutação, purificação e espiritualidade. Na Umbanda este ponto corresponde à vibração de OXALÁ, sendo o dia de melhor absorção de influências a sexta-feira. O médium distingue esta influência por forte turbulência na nuca, tonturas, etc...

 

 

Nome Sânscrito: SAHASHARA ("O Lótus das mil pétalas")

Chacra Frontal (6º)

Compreensão

Está localizado na testa, entre as sobrancelhas, e é também conhecido como terceiro olho ou terceira visão. Associa-se também à glândula pituitária (hipófise) e é responsável pela nossa concentração, memória, imaginação e visualizações. Pode-se compará-lo ao computador que registra no nosso cérebro as informações e sensações recebidas através do chacra coronário, para que as possamos compreender e dar-lhes forma através de pensamentos ou imagens. Desenvolvido, facilita a clarividência e a intuição. Às vezes, pode palpitar como um coração. Na Umbanda este ponto corresponde à vibração das SENHORAS (Oxum, Iemanjá, Iansã e Nanã), sendo o dia de melhor absorção de influências o sábado. Forma uma flor de 48 pétalas, sendo o planeta regente a LUA, nas suas quatro fases. O médium distingue esta influência por forte turbulência na fronte, que ocasionam, às vezes, dores de cabeça.

 

 

Nome Sânscrito: AJNÃ ("O Centro de comando")

Chacra Laríngeo (5º)

Criatividade

O quinto chacra situa-se na região da garganta e associa-se à glândula tiróide (e paratiróides) que, por sua vez, está ligada ao metabolismo do corpo. Este centro energético é responsável pela verbalização, pela comunicação da nossa verdade interior e pela respiração. Fisicamente rege a garganta, a laringe, a boca e o nariz. É através deste chacra que purificamos as nossas energias. Serve também de bloqueio para que as energias emocionais não cheguem ao chacra coronário. Desenvolvido, facilita a psicofonia e a clauriaudiência. Na Umbanda este ponto corresponde à vibração de IBEJI (YORI ou CRIANÇAS), sendo o melhor dia de absorção de influências o domingo.  O médium distingue esta influência, pela sensação de estar carregando alguém sobre os ombros.

 

 

Nome Sânscrito: VISHUDDA ("O purificador")

Chacra Cardíaco (4º)

Compaixão

Localiza-se bem no centro do peito, entre os mamilos. É associado ao timo e é nele que se concentra a energia do Amor Incondicional, a nossa fonte vital. É responsável também pela saúde e vitalidade do corpo físico, o coração e os pulmões. Desenvolvido, cria um canal de amor que pode ser utilizado para o trabalho assistencial. Na Umbanda, este ponto corresponde à vibração de XANGÔ, sendo o melhor dia de absorção de influências a quarta-feira. O médium distingue esta influência pelo ritmo acelerado, que é impresso ao coração.

Nome Sânscrito: ANAHATA ("Invicto"; "Inviolado")

Chacra do Plexo Solar (3º)

Poder

Este chacra localiza-se na zona da barriga, controlando toda a região do plexo solar. Está associado ao pâncreas. Controla toda a nossa energia emocional e é fortemente ligado ao Ego individual. Fisicamente rege o aparelho digestivo. Não é por coincidência que problemas emocionais causam sempre problemas digestivos. A emoção e a digestão estão intimamente ligadas. Desenvolvido, facilita a percepção das energias ambientais. Na Umbanda este ponto corresponde à vibração de OGUM, sendo o melhor dia de absorção de influências a terça-feira. O médium distingue esta influência por distúrbios estomacais e intestinais, com azia e desinteria, em casos mais agudos.

Nome Sânscrito: MANIPURA ("Cidade das Jóias")

Chacra do Hara (2º)

Sensualidade

O chacra do hara ou sexual situa-se na região do baixo ventre e trabalha com a energia sexual e a criatividade. Associa-se às gônadas (Homem: testículos; Mulher: ovários). Está ligado também à produção da adrenalina e ao amor do homem pela Terra e pela Natureza. Tudo o que criamos na nossa mente é ativado para se manifestar através deste centro de energia. Fisicamente rege os órgãos sexuais. Desenvolvido, estimula o funcionamento dos outros chacras. Na Umbanda este ponto corresponde à vibração de OXÓSSI, sendo o melhor dia de absorção de influências a quinta-feira. O médium distingue esta influência pela aparente falta de ar, é como se tivesse um torpor em todo o lado esquerdo, em consequência da expansão dos gases naturais internos.

 

 

Nome Sânscrito: SWADHISTANA ("Morada do Prazer")

Chacra Raiz (1º)

Segurança

Este chacra, também conhecido como básico, está situado na base da coluna e encontra-se associado às glândulas supra-renais. Também está relacionado com a parte inferior do corpo, os pés, o ancoramento e os instintos físicos. É através dele que plantamos os nossos pés no chão e nos relacionamos com o mundo físico. É responsável pela absorção de energia da terra (energia telúrica, geoenergia, kundalini). Não é aconselhado, por muitos autores, o desenvolvimento deste chacra. Na Umbanda este ponto corresponde à vibração das ALMAS (Almas, Pretos-Velhos e Exus) sendo o melhor dia de absorção de influências a segunda-feira. O médium distingue esta influência pela aparente prisão ou dificuldade de movimento dos membros inferiores, assim como também a ativação dos reflexos biológicos controlados pelos órgãos abrangidos por este Chacra.

Nome Sânscrito: MULADHARA ("Base e fundamento"; "Suporte")

 

 

 

 

CENTROS (CHACRAS) DE IRRADIAÇÃO E RESPECTIVAS LINHAS NA LEI DE UMBANDA

 

CHACRAS CORES NO CORPO VIBRAÇÕES DE COR PURA PÉTALAS ETÉREAS PLANETA REGENTE
Coronário
OXALÁ
Branco ou
Dourado
Branco 48

Sol

Frontal
SENHORAS
Amarelo
c/raias azuis
Amarelo 48 Lua
Cervical
IBEJI
Azul
Violeta
Vermelho 16 Mercúrio
Cardíaco
XANGÔ
Amarelo
c/raias azuis
Verde 12 Júpiter
Solar
OGUM
Amar./
Verm.
Laranja 10 Marte
Esplénico
OXÓSSI
Vermelho
Violeta vivo
Azul 6 Vénus
Sacro
ALMAS
Vermelho
com ton. Azuis
Violeta 4 Saturno

 

 

CHACRAS ATRIBUTOS ALTERNATIVAS ATIVAÇÃO CORRESPONDENTE DIA
Coronário
OXALÁ
Fortaleza Paciência ou Ira Cérebro 6a
Frontal
SENHORAS
Respeito Firmeza ou leviandade Fronte sinus Sáb
Cervical
IBEJI(YORI)
Entendimento Esperança ou receio Faringe
e laringe
Dom
Cardíaco
XANGÔ
Sabedoria Humildade ou Soberba Coração
Ap. Circ.
4a
Solar
OGUM
Justiça Generosidade ou Egoísmo Fígado
Ap. Dig.
3a
Esplénico
OXÓSSI
Conselho Prudência ou Relaxamento Baço
Supra-renal
5a
Sacro
ALMAS
Pureza Castidade ou Imoralidade Pélvicos
Ap. Genital
2a

 

 

 PageRank

 

» Publicidade

 

 

 

» Redes Sociais

 

 

» Campanhas

 

 

 

 

 

 

Home  |   Apostilas   |   Nossa Loja Virtual   |   Contato

Site desenvolvido por: Genuína Umbanda - Todos os direitos reservados

 

Copyright © 2007-