Free Translation Widget

Home

Loja Virtual

Apostilas

Cadastre-se

Contato

 

::: MENU :::

 » A Umbanda

 » Os Orixás

 » Entidades e Falanges

 » Linha do Oriente

 » Sincretismo

 » Exú e Pomba-Gira

 » Zé Pelintra

 » As Ervas na Umbanda

 » Defumador

 » Fumo e Bebidas

 » Mediunidade

 » A Glândula Pineal

 » Os Chacras

 » Mensagens

 » Artigos

 » Orações e Preces

 » Rezas e Benzeduras

 » Temas Variados

 » Pontos Cantados

 » Letras de Pontos

 » Pontos Riscados
 » Datas Comemorativas
 »  Apostilas
 » Campanhas
 » Cadastre-se

::: AVISO :::

::: CONFIRA :::

 

::: IMPORTANTE :::

 

 

::: PARCERIAS :::

::: Visitas desde 15/10/2007 :::

 free counters

 

 


LETRAS DE PONTOS -  IEMANJÁ

 

 

 

 

Ó Santa de Azul

Ó Santa do mar

Vem ver seus filhos

Iemanjá

Odo, odoia

Iemanjá

Saia do mar - bis

Venha buscar

Sua Yaô

 

::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

 

Brilhou, brilhou brilhou no mar

O manto de nossa Mãe Iemanjá - bis

Brilhou , brilhou no mar

E agora vai brilhar neste Congá

 

:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

 

Saia do mar

Linda sereia

Saia do mar

Venha brincar na areia

Saia do mar

Sereia bela

Saia do mar

Venha brincar com ela

 

:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

 

Oh Dai-me licença ê,

o dai–me licença

Alode Iemanjá

Oh, Daí-me licença ê..

 

:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

 

Mãe d’água, rainha das ondas,

Sereia do mar,

Mãe d’água seu canto é bonito,

Quando tem luar

Iê, Iemanjá, Iê, Iemanjá,

Rainha das ondas,

Sereia do mar.

Como é lindo o canto,

De Iemanjá,

Faz até o pescador chorar,

Quem ouvir a mãe d’água cantar,

Vai com ela pro fundo do mar.

 

:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

 

Eu vou levar

Vou levar flores ao mar

Eu vou levar – bis

Uma promessa eu fiz

Eu recebi vou pagar

Uma promessa eu fiz

De levar flores ao mar

 

:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

 

Vamos saravar, Mãe Iemanjá

Vamos todos juntos jogar flores no mar

É do mar, é do mar, é do mar

É do mar minha mãe sereia

Papai risca ponto na pedra

Mamãe risca ponto na areia

 

:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

 

No fundo do mar tem areia

Areia no fundo do mar – bis

No fundo do mar tem as ondas

As ondas que vão me levar

Um barco enfeitado de flores

Para ouvir a sereia cantar

Iemanjá, Iemanjá - bis

 

:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

 

A marola do mar vem tombando

Sobre as águas do oceano (2x)

 

Se vem trazendo o encarnado

É guerra

O verde, é esperança

Ela é a mãe d'água verdadeira

Odoia, odoia, meu Orixá,

Odoia, Iemanjá – bis

Levei pente espelho escova e pó

Fui pedir proteção pro meu ronco

Joguei laço de fita seu moço

Eu de branco e de guia no pescoço

Quanta gente na praia

A saudar

A rainha sereia do mar

Odoia, odoia, meu orixá... bis

Se escutava som de atabaque

Era barco saindo em procisão

Ao meu lado escutei um surdo baque

Vi um corpo bolado no chão

E o santo baixava em beira mar

Sarava Odoiá Iemanjá

 

 :::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

 

O mar é o meu remanso

Santa Bárbara é o meu tesouro

Nas ondas do mar eu vi

Eu vi

Eu vi sete pingos de ouro

 

 :::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

 

Yemanjá, é a rainha do mar (4x)

Salve o povo de Aruanda

Salve meu Pai Oxalá

Salve Oxóssi , salve os guias

Salve Ogum Beira Mar, (Yemanjá)

Yemanjá, é a rainha do mar (4x)

Vai Ter festa na Aruanda

Vai Ter reza no Gantois

Vai Ter gira a noite inteira

E muitas flores no mar

Yemanjá

 

:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

 

Retire a jangada do mar

Mãe d’água mandou avisar

Que hoje não pode pescar

Pois hoje tem festa no mar

É, eh, eh Yemanjá

Ela é, ela é a rainha do mar

Traz pente traz espelho, o o o o

Pra ela se enfeitar, o o o o

Traz flores traz perfume

Enfeita todo o mar

 

:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

 

Eu sou filho de Yabá,

Yabá é minha mãe,

Hó rainha do tesouro,

Oh doce Yabá do fundo do mar,

Oh doce Yabá do fundo do mar,

Oh doce Yabá do fundo do mar.

 

:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

 

Foi na areia, foi na areia

Foi na areia, foi na areia

Fiz um pedido

Pra mãe sereia

Pra Iemanjá para eu nunca mais penar

Foi na areia

Numa noite na areia branca do mar

A lua branca no céu iluminou

o meu divino mar

Sereia, mamãe do mar, sereia.

 

:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

 

Eu fui na beira da praia,

Pra ver o balanço do mar,

Eu vi um retrato na areia,

Me lembrei da sereia,

Comecei a chamar,

Ó Janaina vem ver,

Ó Janaina vem cá,

Receber suas flores,

Que venho lhe ofertar.

 

:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

Estava na beira do mar

Quando ouvi a sereia cantar – bis

Ah, como é tão lindo

O canto de Iemanjá

Ah, como é tão belo

O canto de Iemanjá

Com licença do Senhor

Com licença de Oxalá

Com licença do Senhor

Eu vou saudar minha Iemanjá

 

:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

 

Que canto lindo que vem la do mar

Parece que as ondas estão a cantar - bis

Ie Iemanjá

Rainha das ondas

A dona do Mar -bis

 

 :::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

 

Eram duas ventarolas,

Duas ventarolas,

Que iam navegar

Uma era Iansã, eparrei,

A outra era Iemanjá, odociá.

 

::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::: 

 

Abra esta sede divina

Eu cheguei fora de hora

Aqui mora uma senhora

É ela quem me domina – bis

Fui vítima de mal olhado

Eu vim pedir proteção

Não sei se andei errado

Ou faltei com obrigação

Eu to andando atrapalhado

Minha estrada está fechada

Com mamãe Iemanjá eu sou tudo

Sem mamãe iemanjá não sou nada - bis

 

:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

 

Hoje é dia de Nossa Senhora

De Nossa mãe Iemanjá, - bis

Calunga  ê, ê, ê, ê, ê,

Calunga  á, á, á, á, á,

Brilham as estrelas no céu,

Brincam os peixinhos do mar,

Calunga  ê, ê, ê, ê, ê,

Calunga  á, á, á, á, á,

 

:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

 

Subida de Iemanjá

 

Mas eu já vou embora.

Vou, mas torno a voltar,

Vou com Deus e Nossa Senhora,

Até a Umbanda me chamar.

 

:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

 

E vai, vai,vai,

E vai beirando o mar,

Vai a mãe sereia,

Pra todo mal levar.

 

:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

 

Iemanjá já vai embora e ela vai  beirando o mar

Deí deí ela vai beirando o mar.
 
:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::
 
E a marola vai levando
Iemanjá é quem vai navegando - bis

 

:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

 

 

 

 

 

» Publicidade

 

 

 

» Redes Sociais

 

 

» Campanhas

 

 

 

 

 

 

Home  |   Apostilas   |   Nossa Loja Virtual   |   Contato

Site desenvolvido por: Genuína Umbanda - Todos os direitos reservados

 

Copyright © 2007-