Free Translation Widget

Home

Loja Virtual

Apostilas

Cadastre-se

Contato

 

::: MENU :::

 » A Umbanda

 » Os Orixás

 » Entidades e Falanges

 » Linha do Oriente

 » Sincretismo

 » Exú e Pomba-Gira

 » Zé Pelintra

 » As Ervas na Umbanda

 » Defumador

 » Fumo e Bebidas

 » Mediunidade

 » A Glândula Pineal

 » Os Chacras

 » Mensagens

 » Artigos

 » Orações e Preces

 » Rezas e Benzeduras

 » Temas Variados

 » Pontos Cantados

 » Letras de Pontos

 » Pontos Riscados
 » Datas Comemorativas
 »  Apostilas
 » Campanhas
 » Cadastre-se

::: AVISO :::

::: CONFIRA :::

 

::: IMPORTANTE :::

 

 

::: PARCERIAS :::

::: Visitas desde 15/10/2007 :::

 free counters

 


O AMACI

 

 

 

Autor: Lara Lannes

Equipe Genuína Umbanda

www.genuinaumbanda.com.br

O Amaci é um dos primeiros sacramentos da Umbanda. Consiste em um banho de ervas específicas que vai ser determinado ao médium iniciante no culto umbandista. Diferentemente da maioria dos banhos de ervas, o amaci se dá na cabeça do médium, e tem por finalidade realizar a limpeza de sua aura, fortalecer sua ligação com seus Orixás e prepará-lo para entrar na corrente mediúnica e nos trabalhos do templo, aproximando sua vibração à vibração de espíritos mais elevados que o acompanham.


É uma preparação, a primeira confirmação do vínculo do médium com a Umbanda, vinculando-o com seus Orixás, com a Casa e com o seu Zelador de Santo, uma vez que é esse (ou a entidade com a qual incorpora) que dará esse banho e poderá colocar a mão na cabeça (ori) do médium.


Além do amaci que se realiza nessa fase inicial, ao qual o médium se submete ao entrar para um templo de Umbanda, anualmente é feito este ritual – na maioria das casas, na sexta-feira santa - com a finalidade de preparar o médium para receber as energias vibrantes do terreiro, além de oferecer-lhe a limpeza de seu campo áurico, bem como confirmar as entidades trabalhadoras da sua coroa. Dessa forma, o amaci tem uma finalidade distinta para o médium iniciante e para aquele já coroado.

Na data em que se é estipulada para a realização do amaci o médium deve guardar por alguns dias antes e depois o corpo limpo, evitando pensamentos negativos, consumo de álcool, manter uma alimentação leve e abstinência sexual.

A lavagem que se faz na cabeça do médium tem o objetivo de impregnar o chacra coronário do médium das energias positivas emanadas das ervas utilizadas e deve ser realizada somente pelo Zelador de Santo ou Entidade da Casa. O médium após o amaci deve permanecer com as ervas na cabeça por um tempo mínimo para que suas propriedades possam fortalecer o elo com seus Orixás.

Deve-se frisar que o amaci não implica em um compromisso de nunca mais poder esse médium se desligar da Umbanda. O amaci pode ser levantado a qualquer momento a pedido do médium. Somente perdura a fundamentação do amaci enquanto o médium for praticante da Umbanda de forma ativa. Não é um compromisso para toda a vida, é um compromisso que respeita totalmente o livre-arbítrio do médium.

O amaci tem como objetivo confirmar, com a entrada do médium nos ritos umbandistas o compromisso que esse assumiu com o trabalho com suas entidades espirituais em prol da caridade e ajuda ao próximo.

- Algumas Ervas dos Orixás:

Iansã

pitanga folha, peregun rajado, alfavaca, calêndula, camomila, cana do brejo, capuchinha, cidreira, cavalinha, chapéu de couro, cipó bravo, cipó S. João, santa Luzia, girassol semente, imburana, jurubeba, laranjeira, losna, sabugueiro, folha do fogo, pinhão branco.

Iemanjá

alfazema, aniz estrelado, rosas brancas, camomila flor, manjericão, erva de santa Maria, mentruz, hibisco flor, manjerona, mulungu casca/raiz, noz moscada, margarida, sensitiva, arroz.

Ogum

abre-caminho, aniz estrelado, assa-peixe, café folha, capim cidreira, carqueja amarga, catuaba, cavalinha, damiana, gengibre, levante, manga folha, marapuama-quebra facão, menta, pau pereira, pau tenente, pitanga folha, peregun (dracena) verde, peregun (dracena) rajada.

Obaluaiê

barba de velho, sálvia, damiana, salsaparrilha, sete sangrias, trapoeraba, sabugueiro flor, beterraba folhas, catinga de mulata, ipê roxo, lantana, umbaúba, arroz, velame.

Omulu

alcachofra folhas, angélica raiz, capim rosário, chapéu de couro, cravo da índia, sete sangrias, trapoeraba, manjericão, manjericão roxo, noz de cola – obi seco, verbena, beterraba folhas, catinga de mulata, ipê roxo, lantana, mirra, folha de fogo.

 

Oxalá

 

alcachofra, alcaçuz, alecrim, alfazema, aquiléia (mil folhas), bardana, boldos (todos), girassol, hortelã, incenso, levante, manjericão, manjerona, rosa branca, sálvia, tomilho, saião (folha da costa).

 

Oxóssi

abacateiro, abre-caminho, alecrim do norte, alecrim comum, alfavaca, aquiléia, arnica do mato, chá verde, café folha, cana-do-brejo, capim cidreira, carqueja amarga, cipó-caboclo, cipó-cravo, cipó-São João, confrei, hortelã, ipê roxo, jurubeba mista, louro, manga folha, manjericão, samambaia, sene.

 

Oxum

alfavaca, calêndula flor, camomila, flor canela, carqueja amarga, catuaba, damiana, graviola folha, imburana semente, laranjeira folha, macela flor, manjericão, melissa folha, menta, pata de vaca, poejo, malva cheirosa (rosa), rosas, erva-doce, macela flor, melissa, patchoulli, maçã.

Nanã

alfavaca, alfazema, assa-peixe, bardana folhas, camomila flor, cana do brejo, capim rosário, confrei, erva de santa Maria, mentruz, hibisco flor, mulungu casca/raiz, noz moscada, sete sangrias, trapoeraba.

Xangô

barba de velho, barbatimão, café folha, carapiá raiz, cipó cravo, cipó S. João, hibisco flor, ipê roxo, manjericão roxo, no de cola – obi seco, pau pereira, quebra pedra, romã, casca do fruto, beterraba folhas, girassol flor, lantana.

 

- Ponto cantado de Amaci:

 

A todos que olham

A todos que estão aqui (2x)

Muita atenção

Hoje é noite de amaci

 

Filhos de fé

Respeitai o pano branco

Babalaô preparou seu banho Santo

Filhos de fé respeitem meu Pai do Congá

Dentro da Lei vem saldar seus Orixás

 

Saravá Exu

Tenho a cabeça lavada

Fiz meu batismo na Umbanda

Hei de louvar a encruzilhada

 

Saravá Ogum

Tenho a cabeça lavada

Fiz meu batismo na Umbanda

Hei de louvar sua espada

 

Saravá Oxossi

Tenho a cabeça lavada

Fiz meu batismo na Umbanda

Hei de louvar suas matas

 

Sarava Xangô

Tenho a cabeça lavada

Fiz meu batismo na Umbanda

Hei de louvar sua machada

 

Saravá Omulu

Tenho a cabeça lavada

Fiz meu batismo na Umbanda

Hei de louvar suas palhas

 

Saravá o Tempo

Tenho a cabeça lavada

Fiz meu batismo na Umbanda

Hei de louvar sua hora

 

Saravá Iansã

Tenho a cabeça lavada

Fiz meu batismo na Umbanda

Hei de louvar sua ventania

 

Saravá Obá

Tenho a cabeça lavada

Fiz meu batismo na Umbanda

Hei de louvar sua coroa

 

Saravá Oxum

Tenho a cabeça lavada

Fiz meu batismo na Umbanda

Hei de louvar a cachoeira

 

Saravá Oxumaré

Tenho a cabeça lavada

Fiz meu batismo na Umbanda

Hei de louvar o arco-íris

 

Saravá Nanã

Tenho a cabeça lavada

Fiz meu batismo na Umbanda

Hei de louvar sua fonte

 

Saravá Yemanjá

Tenho a cabeça lavada

Fiz meu batismo na Umbanda

Hei de louvar suas águas

 

Saravá Oxalá

Tenho a cabeça lavada

Fiz meu batismo na Umbanda

Hei de louvar seu Alá

 


 

 

» Publicidade

 

 

 

» Redes Sociais

 

 

» Campanhas

 

 

 

 

 

Home  |   Apostilas   |   Nossa Loja Virtual   |   Contato

Site desenvolvido por: Genuína Umbanda - Todos os direitos reservados

 

Copyright © 2007-