Free Translation Widget

Home

Loja Virtual

Apostilas

Cadastre-se

Contato

 

::: MENU :::

 » A Umbanda

 » Os Orixás

 » Entidades e Falanges

 » Linha do Oriente

 » Sincretismo

 » Exú e Pomba-Gira

 » Zé Pelintra

 » As Ervas na Umbanda

 » Defumador

 » Fumo e Bebidas

 » Mediunidade

 » A Glândula Pineal

 » Os Chacras

 » Mensagens

 » Artigos

 » Orações e Preces

 » Rezas e Benzeduras

 » Temas Variados

 » Pontos Cantados

 » Letras de Pontos

 » Pontos Riscados
 » Datas Comemorativas
 »  Apostilas
 » Campanhas
 » Cadastre-se

::: AVISO :::

::: CONFIRA :::

 

::: IMPORTANTE :::

 

 

::: PARCERIAS :::

::: Visitas desde 15/10/2007 :::

 free counters

 


27 DE SETEMBRO - SÃO COSME E SÃO DAMIÃO (IBEJI)

 

 

 

Autor: Lara Lannes

Equipe Genuína Umbanda

www.genuinaumbanda.com.br

 

 

 

São Cosme e Damião, que por amor a Deus e ao próximo vos dedicastes à cura do corpo e da alma de vossos semelhantes, abençoai os médicos e farmacêuticos, medicai o meu corpo na doença e fortalecei a minha alma contra a superstição e todas as práticas do mal. Que vossa inocência e simplicidade acompanhem e protejam todas as nossas crianças. Que a alegria da consciência tranqüila, que sempre vos acompanhou, repouse também em meu coração. Que vossa proteção, Cosme e Damião, conserve meu coração simples e sincero, para que sirvam também para mim as palavras de Jesus: "Deixai vir a mim os pequeninos, porque deles é o Reino do Céu".


São Cosme e Damião, rogai por nós.

 

                               

 

(HOMENAGEM A JOÃOZINHO DA BEIRA DA PRAIA)

 

 

Entidade de Umbanda pertencente à linha das crianças.

 

Sua aparência é de uma criança em torno de 11 anos de idade, cabelo liso, castanho e longo. Atua na beira da praia na irradiação de Iemanjá e Ogum Beira-Mar.

 

Viveu na Europa no final do século XV numa corte junto de seus pais e morreu por afogamento.

 

Quando incorporado no médium tem respostas rápidas para tudo, não gosta muito de brinquedos, não costuma ficar muito tempo incorporado. Brincalhão e ao mesmo tempo muito sério.

 

Gosta de receber frutas, azeitonas verdes, ovo cozido e sua bebida geralmente são os refrigerantes de cor clara e água. Também gosta de alguns doces.

 

Joãozinho da Beira da Praia pertence a falange dos “Joãozinhos” e não é o único Joãozinho que atua neste local, ou seja, existem outros espíritos que usam o mesmo nome. O mesmo vale para as “Mariazinhas”, “Pedrinhos”, “Juquinhas, etc.

 

Então se você está iniciando na Umbanda e for médium do Joãozinho da Beira da praia e ele não atuar da forma relatada acima, não se preocupe, lembre-se que a Umbanda lida com falangeiros.

 

Como sabemos, a falange das Crianças na Umbanda, assim como as demais falanges, trabalham cada uma dentro de uma vibração.

 

Assim, temos o Joãozinho da Praia; da mata; da pedreira; da cachoeira, etc.

 

E, mesmo dentro dessas falanges, encontram-se suas subdivisões.

 

Dessa forma é que encontramos as Crianças da linha de Iemanjá vibrando em faixas diferentes, como no caso de Joãozinho da Beira da Praia que, ao contrário do que muitos pensam, não é o mesmo que o Joãozinho que se apresenta como Joãozinho da Praia.

 

Cabe ainda destacar que os espíritos que se apresentam na Umbanda ainda trabalham em conjunto. Ou seja, encontraremos as linhas de trabalho com os mais variados nomes. Na beira da praia, por exemplo, trabalham espíritos que se apresentam como os Joãozinhos, Mariazinhas, Pedrinhos, Cosminhos e assim por diante. Nomes diversos, mas todos dentro de uma mesma função que , no caso, seria a da beira da praia.

 

São Cosme e São Damião

São dois amigos leais

São Cosme brinca na areia

Damião brinca no mar

Cosme e Damião

Vem cá vem ver

Tenho uma batalha

Prá nós dois vencer”

 

Salve Joãozinho da Beira da Praia

Salve São Cosme e São Damião

Salve todas as Crianças da Umbanda

 


 

 

» Publicidade

 

 

 

» Redes Sociais

 

 

» Campanhas

 

 

 

 

 

Home  |   Apostilas   |   Nossa Loja Virtual   |   Contato

Site desenvolvido por: Genuína Umbanda - Todos os direitos reservados

 

Copyright © 2007-